Já ouviu falar sobre o Método das Partidas Dobradas?

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +


Você conhece? O Método das Partidas Dobradas surgiu no século XV e mudou completamente o entendimento de contabilidade, tornando-se um dos sistemas mais utilizados por organizações e empresas no registro contábil de suas transações financeiras.

Também conhecido como Método Veneziano, o método foi editado em livro por Luca Pacioli, um frei franciscano que viveu em Veneza no fim da Idade Média. Nesse tal livro, Luca difundiu o funcionamento das partidas dobradas em um capítulo único que difundiu esse método no mundo todo.

Contudo, Pacioli não é o criador do Método das Partidas Dobradas. Ele já existia muito antes do livro se tornar realidade, entretanto, foi o rei quem marcou o início da contabilidade moderna ao popularizar o método e, devido a isso, foi considerado o pai da matéria.

Quer saber como o método funciona na prática? Saiba tudo sobre o Método das Partidas Dobradas abaixo:

Método das Partidas Dobradas


O Método das Partidas Dobradas se baseia na compensação econômica. Uma única transação financeira pode ter diversos valores de débito e crédito, fazendo com que haja um equilíbrio entre ativos e passivos no balanço patrimonial.

Considerado mais seguro que o Método Simples, o Método Veneziano faz com que as despesas e receitas passem a ser mais facilmente trabalhadas na demonstração do resultado de transações financeiras que ocorre na conciliação contábil, considerando todo tipo de pagamento e recebimento, mesmo através de cartões, sendo assim um conciliador de cartões.

Considerando que, normalmente, cada transação consiste em duas entradas financeiras, sendo uma entrada de crédito em uma conta e a outra entrada de débito em outra conta, segundo o Método das Partidas Dobradas, para cada lançamento em uma determinada conta, um lançamento igual deve ser indicado na conta de contrapartida para uma conciliação contábil precisa e eficiente.

Em resumo, o Método Veneziano indica que todo crédito possui um débito de igual valor, e vice-versa. Sendo assim, se um lado muda, o outro também deve mudar. Uma equação simples que garante a conciliação contábil eficiente de inúmeras empresas!

Já ouviu falar sobre o Método das Partidas Dobradas?
Avalie este artigo
Share.

Sobre o Autor

Rodrigo Macedo é empreendedor, desenvolvedor de software e especialista em negócios digitais.

Deixe uma resposta